Temperatura do dia: Em - MT
ºC |
PUBLICIDADE

Esporte

Flamengo contrata Michael, mato-grossense de Poxoréu que jogava no Goiás

 |
Divulgação / Reprodução

Chegou ao fim a novela que envolvia a disputa da revelação do Campeonato Brasileiro 2019, o atacante Michael, do Goiás. O jogador estava sendo disputado por Corinthians, Palmeiras e por último pelo Flamengo, que entrou forte no páreo e acabou levando. Nesta sexta-feira (10) o Goiás anunciou a saída do jogador em suas redes sociais e o agradeceu pelos serviços prestados ao clube.

O Flamengo  pagará o Goiás em três parcelas de  7,5 milhões de euros por 80% dos direitos econômicos do atleta de 23 anos, negociado em definitivo. De acordo com a assessoria de imprensa do Goiás, agora vai depender apenas dos exames médicos para a assinatura do contrato.

O Flamengo acabou sendo o último clube a tentar fechar com Michael e seus empresários. Isso porque os valores pedidos pelo Goiás fizeram com que Corinthians e Palmeiras desistissem do negócio. Dessa forma, os cariocas entraram forte na negociação e acabaram levando.  

Com 16 gols, Michael foi o artilheiro do Goiás em 2019, sendo 9 no Brasileirão, um deles no Flamengo. O atacante se destacou no Brasileirão, sendo premiado pela CBF como o destaque da competição, a qual o Goiás terminou na 10ª colocação, conseguindo uma vaga na Sul-Americana 2020. 

De Poxoréu

Com 23 anos, Michael Richard Delgado de Oliveira não teve um início de carreira convencional no futebol. Destaque nos campos de terra em Goiânia, ele não teve passagens por categorias de base, jogou profissionalmente pela primeira vez em 2017, já aos 20 anos, no Goianésia (GO). Contudo, ele é natural da cidade de Poxoréu, interior de Mato Grosso, de onde saiu para o estado de Goiás em busca do sonho de jogar futebol. O jogador não tentou a sorte em nenhum time de Mato Grosso.  

De acordo com o relato de um de seus antigos treinadores, Jogando no chamado terrão, Michael ganhava R$ 20 por jogo para juntar dinheiro para pagar o aluguel e demais despesas. Certa vez, inclusive, o treinador disse tê-lo encontrado exausto no final do dia após ter participado de cinco partidas consecutivas para poder pagar uma conta de energia alétrica no valor de R$ 150.

O início com a camisa do Goiás foi aos poucos,  Michael foi entrando esporadicamente ao longo das partidas da Série B. Sendo que depois da contratação de Ney Franco, ele se firmou e passou a ser um dos principais jogadores do elenco do Goiás, sendo fundamental na campanha do acesso para a Série A em 2018.



deixe sua opinião






  • Máximo 700 caracteres (0) 700 restantes

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem.

    Clicando em enviar, você aceita que meu nome seja creditado em possíveis erratas.



mais lidas de Esporte (últimos 30 dias)

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
TOPO

Contato

Redação

Facebook Oficial