Temperatura do dia: Em - MT
ºC |
PUBLICIDADE

Economia

Bancos e instituições financeiras começam a enviar informações para o cadastro positivo de clientes

A partir do envio dos dados sobre o histórico de bom ou mau pagador, consumidores deverão ser avisados sobre o abertura automática do seu cadastro; entenda.

 |
Divulgação / Reprodução

Começa nesta segunda-feira (11) a nova fase de implementação do Cadastro Positivo com o início do envio de informações de pagamento dos consumidores para as empresas autorizadas para atuar como gestoras desse banco de dados.

Os principais bancos do país e aproximadamente 100 instituições financeiras começarão a compartilhar com os gestores do cadastro positivo as informações sobre o histórico de pagamento dos consumidores.

O Banco Central autorizou 4 empresas a operar com o Cadastro Positivo : Boa Vista Serviços, Quod Gestora de Inteligência de Crédito, Serasa e SPC Brasil/Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL).

Segundo o SPC Brasil, a expectativa é de que até o dia 19, todos os atuais clientes das principais instituições financeiras do país, que possuem operações de crédito, já estarão com o seu cadastro positivo aberto.

A expectativa do SPC Brasil é de que neste primeiro momento, com o compartilhamento de informações financeiras, o banco de dados reúna dados de 110 milhões de consumidores. "Esse número ainda deverá crescer, pois nas próximas fases empresas de telefonia, companhias prestadoras de serviços como água, luz e gás e o setor varejista também deverão compartilhar informações de pagamento, o que fará com que o Cadastro Positivo agregue, nos próximos meses, a população não bancarizada", avaliou o birô.

A inclusão dos dados será automática, mas o consumidor que não quiser que suas informações sejam compartilhadas poderá pedir a qualquer momento a exclusão de seu nome do banco de dados.

"Assim que as instituições financeiras enviarem as informações cadastrais e de pagamento, cada consumidor receberá uma comunicação individual, seja por meio de e-mail, SMS ou correspondência física em sua residência, no prazo de 30 dias, avisando sobre a inclusão de suas informações", explica a SPC Brasil.



deixe sua opinião






  • Máximo 700 caracteres (0) 700 restantes

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem.

    Clicando em enviar, você aceita que meu nome seja creditado em possíveis erratas.



mais lidas de Economia (últimos 30 dias)

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
TOPO

Contato

Redação

Facebook Oficial