Temperatura do dia: Em - MT
ºC |
PUBLICIDADE

Juscimeira

Programa fomentará cadeia produtiva do mel em Juscimeira

 |
Divulgação / Reprodução

Uma parceria foi firmada, entre Governo do Estado e Prefeitura de Juscimeira, para fomentar a cadeia produtiva do mel no município, que deverá receber cerca de 50 caixas da criação de abelhas. A iniciativa faz parte do Programa MT Produtivo, o qual visa incentivar a ampliação da atividade apícola no Estado.

O secretário municipal de Agricultura, Carlos Eduardo Vasconcelos Ribeiro, disse que está previsto a entrega das 50 caixas de abelha e 50 melgueiras para o próximo mês, garantia firmada durante reunião com o secretário estadual de Agricultura Familiar Silvano do Amaral, que na oportunidade também estiveram presentes os vereadores Rosiel Ferreira, Lúcia Ferraz e o apicultor Sebastião Ferraz.

“Hoje, consta no nosso cadastro 13 apicultores que tem em torno de 100 caixas de abelhas. Com essa aquisição vamos aumentar a população de abelha e a produção de mel. Esses apicultores estão nas seguintes localidades: assentamentos Beleza e Geraldo Pereira Andrade, Pantanalzinho, no distrito de Irenópolis e nas regiões da Pantanalzinho e Piteira.

Carlos Eduardo acrescentou que, após as entregas das caixas e das melgueiras,  os próximos passos para o setor é organizar a Associação dos Apicultores para posteriormente criar a Agroindústria do Mel em Juscimeira.

Segundo o superintendente de Agricultura Familiar da Seaf, George Lima, todas as regiões do Estado serão contempladas e o critério de escolha para o repasse das caixas priorizará povos indígenas, comunidades tradicionais, assentados, com aptidão, capacidade de investimento para a atividade melífera, ligados a entidades ligados a agricultura familiar e que estejam em áreas propícias para a atividade.

De acordo com o secretário da Seaf, Silvano Amaral, as caixas foram montadas com madeira apreendida em fiscalizações realizadas pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) e construídas pelos reeducandos da Fundação Nova Chance.

“As caixas serão destinadas para quem já atua na atividade apícola, porém com baixa produção ou para consumo próprio. Os investimentos na apicultura fazem parte do programa Mais MT, para as ações do programa MT Produtivo, para aquisição de equipamentos e maquinários, implantação da assistência técnica on-line, apoio às cadeias produtivas e ampliação dos canais comerciais. No total, o Mais MT investirá R$ 265 milhões em agricultura familiar e regularização fundiária em 4 anos”, explicou Silvano.



deixe sua opinião






  • Máximo 700 caracteres (0) 700 restantes

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem.

    Clicando em enviar, você aceita que meu nome seja creditado em possíveis erratas.



mais lidas de Juscimeira (últimos 30 dias)

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
TOPO

Contato

Redação

Facebook Oficial