Temperatura do dia: Em - MT
ºC |
PUBLICIDADE

Mato Grosso

Energia elétrica, água e telefonia lideram ranking de reclamações no Procon-MT

 |
Divulgação / Reprodução

O Procon estadual contabilizou 4.440 registros em janeiro de 2020, o que representa um aumento de 75% em relação ao primeiro mês de 2019. Foram 2.911 atendimentos na forma presencial, via Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec), e 1.529 online, pela plataforma www.consumidor.gov.br.

Pelo Sindec, a área de “Serviços essenciais” se mantém no topo do ranking de janeiro de 2020, com 1.728 registros - quase 60% do total de registros via sistema. Energia elétrica segue como o assunto mais reclamado: 1.115 reclamações registradas. Atrás de energia aparecem: “Água/Esgoto”, com 314 reclamações, e “Telefonia Celular”, com 176. 

Nesses três assuntos que ocupam o topo do ranking, a cobrança indevida/abusiva é o problema mais reclamado pelos consumidores, sendo: “Energia elétrica” com 1.027; “Água/esgoto”, 287; e “Telefonia Celular”, com 105. 

Em segundo lugar no ranking aparece a área de de "Assuntos Financeiros", que fechou janeiro com 552 reclamações, sendo: 158 registros para o assunto “Cartão de Crédito”, 148 para "Banco comercial" e 104 para “Financeira”. 

A terceira posição ficou com a área “Produtos”, com 326 registros. Para o assunto “Combustível Automotivo (Gasolina, Álcool, Diesel, Gás)” foram 66 reclamações; “Telefone (Convencional, Celular, Interfone, Etc.)”, 33; e “Eletroeletrônico Importado”, 17.

A área “Serviços Privados” ficou na quarta posição, com 229 registros. No assunto “Escola (Pré, 1º, 2º Graus e Superior)” foram registradas 34 reclamações; “Estabelecimento comercial (supermercado, loja, padaria, locadora, frutaria, etc.)” teve 33; e “TV Por Assinatura (Cabo, Satélite, Etc.)”, 23 registros. 

A área “Saúde” ocupa o quinto lugar do ranking com 62 reclamações. Em seguida aparece a área “Habitação” com 10 registros. A sétima e última posição do ranking é ocupada pela área "Alimentos", com quatro registros. 



deixe sua opinião






  • Máximo 700 caracteres (0) 700 restantes

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem.

    Clicando em enviar, você aceita que meu nome seja creditado em possíveis erratas.



mais lidas de Mato Grosso (últimos 30 dias)

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
TOPO

Contato

Redação

Facebook Oficial