Temperatura do dia: Em - MT
ºC |
PUBLICIDADE

Meio Ambiente

MP pede inclusão de mais sete fazendeiros em investigação por fraudes na Sema

 |
Divulgação / Reprodução

Os promotores Joelson de Campos Maciel e Marcelo Caetano Vacchiano, das 15ª e 16ª Promotorias de Justiça Cível de Defesa do Meio Ambiente Natural, pediram a inclusão de sete fazendeiros na investigação que apura fraudes em procedimento administrativo no Cadastro Ambiental Rural (CAR) da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Sema). As portarias são do último dia 1º de agosto.

As fraudes foram investigadas na “Operação Polygonum”, deflagrada pelo Ministério Público de Mato Grosso juntamente com a Delegacia Especializada de Meio Ambiente e que constatou ilícitos civis, administrativos e penais praticados no lançamento de informações falsas em 345 cadastros ambientais rurais (CAR). Estes CAR foram cancelados ou suspensos pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Sema).

Nas portarias do dia 1ª de agosto os promotores pediram que façam constar como investigados os sete fazendeiros com propriedades rurais no interior do Estado. Foram constatadas inconsistências nos CAR relativos a fazendas destes seis investigados.
 
Veja a lista:
 
- Sergio Luis Penteado Bautz, por possível lançamento de informações inverídicas no CAR da 'Fazenda Taiti', em Chapada dos Guimarães, e no CAR da 'Fazenda Serra Bonita', em Barra do Bugres
 
- Deonisio Jorge Andrzejewski, por possível lançamento de informações inverídicas no CAR da 'Fazenda Flecha de Ouro', em Brasnorte
 
- Jeferson João Gon, por possível lançamento de informações inverídicas no CAR da 'Fazenda Terra Roxa (Gleba Ouro Preto)', em Rondolândia

- Raimundo Cardoso Costa, por possível lançamento de informações inverídicas no CAR da 'Fazenda Comitiva', em Poconé
 
- Ricardo Alonso, Leonardo Boveda Alonso e Eduardo Boveda Alonso, por possível lançamento de informações inverídicas no CAR da 'Fazenda Pontal', em Nova Maringá

 



deixe sua opinião






  • Máximo 700 caracteres (0) 700 restantes

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem.

    Clicando em enviar, você aceita que meu nome seja creditado em possíveis erratas.



mais lidas de Meio Ambiente (últimos 30 dias)

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
TOPO

Contato

Redação

Facebook Oficial