Temperatura do dia: Em - MT
ºC |
PUBLICIDADE

Política

Medeiros deve disputar cargo de Selma, agronegócio vai depender de pacificação de Blairo

 |
Divulgação / Reprodução

O deputado federal José Medeiros deve ser o candidato do Podemos nas eleições suplementares no senado, em razão da cassação via TSE da senadora Selma Arruda que também é do Podemos. Pelo menos é o que informa o site O Antogonista comandado pelo articulista Diogo Mainardi. O foco do Podemos com a candidatura de Medeiros é somente um, não perder representatividade. A legenda sabe o peso e a influencia de ter um senador.

Por outro lado, enquanto, o Podemos caminha para a definição de Medeiros, o agronegócio de Mato Grosso, também quer ter mais representatividade no senado e por isso, um grupo tem procurado o ex-ministro Blairo Maggi, não para ser candidato e sim para ser uma espécie de pacificador. Muitos apontam que Maggi seria o único capaz de trabalhar um nome único para o senado, mesmo este nome não sendo ele.

A princípio seriam candidatos pelo agronegócio; o ex-vice governador Carlos Favaro,  o ex-prefeito de Rondonópolis, Adilton Sachetti e o ex-prefeito de Sinop, Nilson Leitão, além do presidente da Aprasoja, Antonio Galvan, que tem revelado a possibilidade de entrar na disputa.

Blairo terá a missão de convenção a estes quatro nomes em apoiar apenas um.

As eleições suplementares ainda não têm data para ocorrer, pois o acordão da cassação da senadora Selma Arruda ainda não foi publicado no Diário Oficial e somente 90 dias após essa publicação é que o processo poderá ocorrer.

Os custos destas eleições poderão ficar na casa dos R$ 9 milhões.



deixe sua opinião






  • Máximo 700 caracteres (0) 700 restantes

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem.

    Clicando em enviar, você aceita que meu nome seja creditado em possíveis erratas.



mais lidas de Política (últimos 30 dias)

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
TOPO

Contato

Redação

Facebook Oficial