Temperatura do dia: Em - MT
ºC |
PUBLICIDADE

Esporte

Sicredi rompe patrocínio com Operário após contratação do goleiro Bruno

 |
Divulgação / Reprodução

A cooperativa Sicredi informou, na manhã desta segunda-feira (20), que retirou o patrocínio do clube Operário de Várzea Grande, após contratação do goleiro, condenado por feminicídio, Bruno Fernandes.

Segundo a assessoria da cooperativa, assim que foi confirmada a contratação, a cooperativa retirou o seu investimento e passou a patrocinar apenas o campeonato Mato-Grossense.

A vinda de Bruno não caiu no gosto da população e, cuiabanos e várzea-grandenses, tem se unido para boicotar a contratação do condenado. 

Bruno era goleiro do Flamengo e, no auge da carreira, foi condenado pela morte da mãe de seu filho, Eliza Samudio.

O goleiro sequestrou a vítima, assassinou e ocultou o corpo.

Até hoje as autoridades não conseguiram descobrir onde estão os restos mortais de Eliza Samudio.

Atualmente, o feminicída encontra-se em regime semiaberto. 



deixe sua opinião






  • Máximo 700 caracteres (0) 700 restantes

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem.

    Clicando em enviar, você aceita que meu nome seja creditado em possíveis erratas.



mais lidas de Esporte (últimos 30 dias)

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
TOPO

Contato

Redação

Facebook Oficial