Temperatura do dia: Em - MT
ºC |
PUBLICIDADE

Economia

Setor de combustíveis tem queda de 40% na arrecadação, afirma Sefaz

 |
Divulgação / Reprodução

O setor de combustíveis foi um dos que mais sofreu com a queda na arrecadação entre 20 e 24 de abril, segundo levantamento da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz). Em Mato Grosso, a redução no faturamento tributáveis chegou a 23%.  Com 6 semanas de distanciamento social e redução da atividade econômica, a arrecadação do Estado caiu na maioria dos setores.

 Além dos combustíveis, houve queda no faturamento do atacado (-42%), varejo (-18%) e na venda de veículos (-32%). Já os serviços de alimentação em bares e restaurantes teve uma queda de 40% na semana de análise.

 “Com essas seis semanas de combate ao coronavírus, o Governo não poupou recursos e está ampliando em 210 novos leitos no hospital metropolitano. Mas já perdemos mais de 100 milhões nesse mês de março e devemos perder em torno de 250 milhões no mês de maio. Precisamos do socorro federal que está sendo debatido no Senado neste momento”, explicou o secretário de Fazenda, Rogério Gallo.

 Comparado com a média diária nos meses de janeiro e fevereiro de 2020, antes da pandemia da covid-19, foram faturados diariamente em torno de R$ 304 milhões a menos. O percentual alcançado é maior que o período anterior, de 13 a 17 de abril, cuja queda foi de 19%. 



deixe sua opinião






  • Máximo 700 caracteres (0) 700 restantes

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem.

    Clicando em enviar, você aceita que meu nome seja creditado em possíveis erratas.



mais lidas de Economia (últimos 30 dias)

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
TOPO

Contato

Redação

Facebook Oficial