Temperatura do dia: Em - MT
ºC |
PUBLICIDADE

Polícia

Avisar sobre blitz no WhatsApp pode levar à cadeia, avisam autoridades de trânsito

 |
Divulgação / Reprodução

Prática comum realizada entre moradores de uma mesma região é o aviso de blitz me grupos de WhatsApp. O que muita gente não sabe é que, ao fazer isso, está cometendo um crime previsto no artigo 265 do Código Penal: Atentar contra a segurança ou o funcionamento de serviço de água, luz, força ou calor, ou qualquer outro de utilidade pública. A pena é de reclusão de um a cinco anos, além de multa. Autoridades da Polícia Militar e Judiciária Civil de Mato Grosso fazem alertas.

O delegado Christian Cabral, titular da Delegacia Especializada em Delitos de Trânsito (Deletran), afirma que além da conduta ser imoral e ilegal, também facilita a vida de criminosos.

"Não apenas condutores que trafegam com veículos irregulares ou sob efeito de álcool, mas qualquer tipo de criminoso que pode ter acesso as informações sobre a realização de fiscalização de Segurança Pública. Com isso, se furtam dessas ações e continuam impune, colocando a vida das pessoas que andam certo, de bem, sob risco, dificultando o combate a criminalidade", pondera. 

"Se ele estiver próximo de uma barreira e ser avisado pelo WhatsApp, ele vai desviar. Então a pessoa que teve o seu bem roubado, vai continuar sem ele. Se a pessoa não avisar, o carro vai passar pela blitz e a gente vai identificar", finaliza o tenente-coronel.

Ao menos uma vez na semana, o Batalhão de Trânsito juntamente com a Deletran, e outros órgãos, realizam a Operação Lei Seca. Ano passado, a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) realizou 42 edições, que resultaram na prisão de 163 motoristas por embriaguez ao volante.

Ainda conforme o levantamento, de janeiro a dezembro, 444 pessoas foram autuadas por dirigirem sob efeito de álcool. Foram realizados 4.231 testes de etilômetro (bafômetro), 1.463 Autos de Infração de Trânsito e apreendidas 426 Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Também foram recolhidos 780 veículos.



deixe sua opinião






  • Máximo 700 caracteres (0) 700 restantes

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem.

    Clicando em enviar, você aceita que meu nome seja creditado em possíveis erratas.



mais lidas de Polícia (últimos 30 dias)

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
TOPO

Contato

Redação

Facebook Oficial