Temperatura do dia: Em - MT
ºC |
PUBLICIDADE

Polícia

Pais do garoto que morreu em acidente com esposa de Sachetti estão em choque

 |
Divulgação / Reprodução

O pai do menino Daniel Augusto Silva, de 3 anos, vítima fatal do acidente envolvendo a esposa do ex-deputado federal, Adilton Sachetti (PRB), Lidiane Campos, na noite deste domingo (11), quebrou todos os dedos dos pés, mas, desesperado, saiu do Hospital Regional para acompanhar a situação do filho, que morreu a caminho do Pronto-Atendimento. Marcos Souza da Costa, 30, passava o Dia dos Pais com o menino. Ela é separado da mãe. Ia entregá-lo em casa, no final da noite.

“Ele está aqui em casa, esperando o irmão dele, para levá-lo à casa da ex. Ela está em choque com a notícia da morte”, conta o concunhado Austero Rodrigues da Silva.

O parente confirma que Daniel estava passando o dia com Marcos, quando o acidente aconteceu. “Nos ligaram contando sobre o acidente e fui buscar a moto dele, que está destruída. Não conseguiu andar. Estamos resolvendo agora o velório da criança. O Daniel morreu a caminho do hospital. Marcos quebrou os dedos dos pés, está enfaixado, mas não quis ficar internado desesperado com a morte do filho”, detalha.

Austero conta ainda que, quando a mãe do menino, Flávia Augusta da Silva, soube do acidente entrou em estado de choque. “Falei com a mãe dela. Ela contou que está sendo bem difícil. O advogado da família do ex-prefeito foi ao hospital oferecendo ajuda. Mas estamos muito consternados. Acredito que após o enterro meu cunhado vai ter que voltar para o hospital”, comenta.  

O acidente ocorreu em um dos entroncamentos da rua XV de Novembro, no Centro de Rondonópolis. Por volta 18h40 a Polícia Militar acionou a Civil informando sobre o grave acidente no cruzamento da rua XV de Novembro e a avenida Tiradentes. No local, já estava a viatura do Samu prestando atendimento às vítimas da moto.

Conforme o investigador da Deletran, Gerson, testemunhas detalharam que Lidiane cruzou a XV de Novembro e bateu na moto, seguindo pela rua Rosa Bororo e virando na contra mão, em alta velocidade.

Em seguida a caminhote Hilux prata dela foi abandonada na rua XV de Novembro em frente à casa 1316, fundos com o mercado Favorito. O carro foi apreendido e levado a 1ª DP de Rondonópolis.



deixe sua opinião






  • Máximo 700 caracteres (0) 700 restantes

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem.

    Clicando em enviar, você aceita que meu nome seja creditado em possíveis erratas.



mais lidas de Polícia (últimos 30 dias)

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
TOPO

Contato

Redação

Facebook Oficial