Temperatura do dia: Em - MT
ºC |
PUBLICIDADE

Juscimeira

Alunos juscimeirenses realizam prova com lanternas e professor abre discurso sobre educação no país

 |
Divulgação / Reprodução

A cena aconteceu na Escola João Matheus Barbosa, em Juscimeira, Mato Grosso, município de aproximadamente 15 mil habitantes na região sul do Estado, a 200 km da capital, Cuiabá. Durante uma avaliação bimestral da disciplina de Sociologia com a turma do 2º ano B, o professor de História, Filosofia e Sociologia, Fernando Garcia, precisou se ausentar.

E foi nesse momento, à procura de um agente de pátio para ficar em seu lugar e acompanhar as avaliações que houve uma queda de energia devido a manutenções de rede. “Então retornei para a sala e quando cheguei, me deparei com todos os alunos em posse de seus celulares, os usando para iluminarem e realizarem a avaliação. Vale ressaltar que foi uma ação espontânea deles, em momento algum cogitaram o encerramento ou adiamento, pelo contrário, quando sugeri que se acaso houvesse demora no retorno, adiaríamos, todos se negaram e entraram em comum acordo de que a falta de energia não os comprometeria”, conta o professor a Redação do Razões para Acreditar. A publicação foi essa.

O Razões e o Educa Mais Brasil te ajudam a conseguir bolsa de estudo para cursos técnicos e profissionalizantes, cursos de idiomas, entre outras, clique aqui.

A avaliação se tratava da construção de melhores condições e acerca do papel social de cada um de nós referente às desigualdades sociais e parece que cada um dos alunos estava mais do que destinado a escrever sobre o assunto durante a avaliação não importando se estavam com ou sem luz durante o processo. Segundo o professor, os estudantes daquela turma sempre pareceram entusiasmados, o que o fez propor inúmeras atividades que consistiam na prática do bem-estar comum.



deixe sua opinião






  • Máximo 700 caracteres (0) 700 restantes

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem.

    Clicando em enviar, você aceita que meu nome seja creditado em possíveis erratas.



mais lidas de Juscimeira (últimos 30 dias)

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
TOPO

Contato

Redação

Facebook Oficial