Temperatura do dia: Em - MT
ºC |
PUBLICIDADE

Jaciara

Prefeito decreta “toque de recolher” em Jaciara

 | Drone Jaciara
Drone Jaciara

Com o número de casos aumentando a cada atualização do Boletim Epidemiológico, o prefeito de Jaciara , Abdo Mohammad, anunciou a publicação de um novo decreto com algumas mudanças nas ações de combate a pandemia de Covid-19 no município, entre elas o “toque de recolher”,  que começa a valer a partir desta segunda-feira (15).

Segundo o prefeito, apenas alguns cidadãos que atuam em serviços essenciais específicos poderão circular durante o período das 22 h30 até às 5 horas da manhã.  “Essa decisão foi tomada agora na reunião com o Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus em decorrência a lotação das Unidades de Tratamento Intensivo (UTI) da regional”, explicou o gestor.

O decreto nº 3.559 de 15 de junho de 2020, prorroga e altera parcialmente o decreto 3544/2020,  de consolidação das medidas emergenciais e temporárias de enfrentamento e prevenção do novo Coronavírus e atualizações pertinentes como toque de recolher e autorização de atividades turísticas, no âmbito do município como: Rafting, Canoagem, Rapel e Trilhas, desde que cumpridas as disposições da Lei Municipal n. 1.784/2017 e obedecidas as medidas de prevenção e restrições sanitárias similares às impostas aos Balneários, como a redução da capacidade de atendimento em 50%, medidas de prevenção.

Dados

Segundo o Boletim Epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde, desta segunda-feira (15/07), Jaciara tem 60 casos confirmados de pessoas infectadas pela Covid-19. Do total, 48 já estão recuperados, 75 em isolamento domiciliar e uma pessoa internada em leito de Unidade Tratamento Intensivo (UTI).

Pode circular

Estabelecimentos hospitalares, Clínicas veterinárias, clínicas odontológicas e clínicas médicas em regime de emergência, farmácias e laboratórios, funerárias e serviços relacionados, serviço de segurança pública e privada, serviços de taxi e aplicativo de transporte individual remunerado de passageiros, profissionais da área fim da Saúde, servidores públicos das áreas de fiscalização, quando em pleno exercício da função, atividades inerentes a circulação de cargas de qualquer espécie que possam acarretar desabastecimento de gêneros necessários à população.



deixe sua opinião






  • Máximo 700 caracteres (0) 700 restantes

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem.

    Clicando em enviar, você aceita que meu nome seja creditado em possíveis erratas.



mais lidas de Jaciara (últimos 30 dias)

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
TOPO

Contato

Redação

Facebook Oficial