Temperatura do dia: Em - MT
ºC |
PUBLICIDADE

Jaciara

Saúde e Pastoral fazem testes rápidos com mulheres em situação de prostituição em Jaciara

 |
Divulgação / Reprodução

Com o objetivo de prevenir ou detectar doenças sexualmente transmissíveis, a Pastoral da Mulher Marginalizada (PMM) e a Secretaria Municipal de Saúde de Jaciara por meio da equipe do Programa Saúde da Família (PSF 7) realizaram testes rápidos para detectar três tipos de doenças sexualmente transmissíveis.

D. L. S, 34 anos, foi uma das meninas que compareceu para fazer os testes rápidos. Para ela, essa ação é muito boa. “As voluntárias foram até nós avisando que estariam realizando os testes rápidos e fomos até o PSF. Uma ação muito importante, eu faço a cada seis meses, assim como elas nos orientam”, concluiu.

De acordo coma agente voluntaria da PMM, Maria Roselly, as mulheres em situações de prostituição estão em um grupo que a Saúde tem mais dificuldade de ter acesso para fazer esses acompanhamentos. Para esse grupo ou até para pessoas que tem grande número de parceiros, o Ministério da Saúde orienta para fazer os testes rápidos de sífilis, hepatite e HIV a cada seis meses.

“Nós atuamos com abordagem em locais de prostituição como ruas, bares, boates, postos de combustíveis localizados nas rodovias. Além dos testes, também levamos até esse grupo de pessoas materiais educativos e informativos, palestras, evangelização, entre outras ações de cidadania e lutas pelas políticas públicas”, explicou a agente.

 

Para o enfermeiro responsável pelo PSF 7, Helton Galindo, essas ações são importantes, sendo que esse público alvo é transitório e desta forma elas não ficam cadastradas nas Unidades de Saúde.

"Essa é uma oportunidade para que essas mulheres sejam acolhidas e realizem o acompanhamento da saúde delas. Elas estão diariamente expostas ao risco de contrair infecções sexualmente transmissíveis, portanto todo apoio e orientação à elas é de grande importância."

A Pastoral Mulher Marginalizada faz parte da Diocese de Rondonópolis. Na região do Vale do São Lourenço ela atua há mais de 15 anos. Em Jaciara, o PSF 3 já recebeu as ações das agentes voluntárias, unidade que está em uma região que concentra também grande número de casas de prostituição.



deixe sua opinião






  • Máximo 700 caracteres (0) 700 restantes

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem.

    Clicando em enviar, você aceita que meu nome seja creditado em possíveis erratas.



mais lidas de Jaciara (últimos 30 dias)

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
TOPO

Contato

Redação

Facebook Oficial