Temperatura do dia: Em - MT
ºC |
PUBLICIDADE

Jaciara

Locutor da Mega FM Jaciara é detido por suposta violência doméstica

 |
Divulgação / Reprodução

O locutor da rádio Mega FM Jaciara que usa o nome artístico Carlos Camargo, mas na verdade se chama Carlos Orlando Sodario, de 44 anos, foi encaminhado pela Polícia Militar à Delegacia de Polícia de Civil após sua esposa acionar o 190 relatando que havia sido vítima de violência doméstica. A suposta agressão aconteceu no dia 29, mas apenas nesta sexta-feira (05/07) a reportagem teve acesso ao Boletim de ocorrência nº 2019.193469.

A vítima D.C.S acionou a PM solicitando a presença em sua residência, localizada na rua Moema no bairro Planalto, informando que ela teria sido agredida pelo seu esposo. Ao chegar no local, a vítima relatou que após uma discussão verbal, ela teria sido agredida por Carlos, o qual apertou o pescoço dela e em seguida a empurrou contra a parede, o que resultou em um hematoma ao lado do olho esquerdo. No Boletim de Ocorrência, a vítima relata que também agrediu o esposo para tentar se defender.

Já o suspeito, “Carlos Camargo”, relatou aos policiais que a briga começou de forma verbal e foi evoluindo e terminou com trocas de agressões e que teria sido motivada por ciúmes. No B.O ele relata que sua esposa D.C.S também o agrediu ocasionando arranhões na parte superior esquerda do nariz.

Diante dos relatos, tanto a vítima quanto o suspeito foram conduzidos sem algemas no banco traseiro da viatura à Delegacia de Policia Civil de Jaciara e entregues ao investigador de plantão para serem tomadas as devidas providências.  

O DIAADIADOVALE entrou em contato com o locutor da Mega FM o qual disse que a versão do primeiro Boletim de Ocorrência está equivocada, que no outro dia a esposa compareceu à Delegacia e relatou outra versão, que ele não teria agredido ela. Ele disse também que sua esposa tem transtorno bipolar e que teve uma crise com alteração repentina de humor.

Carlos disse que após o episódio ele e esposa estão passando por momento de separação e que ela ficou envergonhada com tudo que aconteceu e foi para a casa do filho dela que reside no estado de São Paulo.

Com o segundo depoimento da vítima, Carlos foi liberado no outro dia de manhã e não foi enquadrado no crime de Maria da Penha, sendo que sua esposa relatou que ele não a agrediu e que no momento de crise ela causa danos físicos nela.



deixe sua opinião






  • Máximo 700 caracteres (0) 700 restantes

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem.

    Clicando em enviar, você aceita que meu nome seja creditado em possíveis erratas.



mais lidas de Jaciara (últimos 30 dias)

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
TOPO

Contato

Redação

Facebook Oficial