Temperatura do dia: Em - MT
ºC |
PUBLICIDADE

Jaciara

Presidente da Câmara de Jaciara deverá torrar mais de R$ 200 mil com imprensa e divulgação

Em 2019, comparando com o ano passado, o aumento com a rádio chega a 101%.

 |
Divulgação / Reprodução

Inconformado com os valores e a forma nebulosa que ocorreu os trâmites, o blogueiro da página Eu sou Cidadania e representante do Movimento Brasil Livre, Leônidas Leitão, utilizou a rede social para denunciar uma licitação no valor de quase R$ 54 mil realizada pela Câmara Municipal de Jaciara para prestação de serviços de fotografia e filmagem de evento, incluindo sessões da Casa de Lei, dentre outras funções conforme a ata anexada abaixo.

No vídeo divulgado na página do MBL Mato Grosso, o blogueiro desafia o vereador Rodrigo Francisco (Tunicão) a barrar o contrato citado, que para ele é um gasto desnecessário e não irá beneficiar a população. “Enquanto a cidade de Jaciara passa por uma crise de buracos, falta de água, e salários de terceirizados sempre estão atrasados. As pessoas estão desesperadas com seus veículos sendo danificados e pode ocasionar acidentes ainda mais grave, e a câmara já tem contrato com mídias de comunicação como rádios”, reclama Leônidas.

Segundo a ata da licitação nº 004/2019, o vencedor, Aizer Ferreira da Silva, vulgo Ferreirinha, cobrará os seguintes valores: No item 1 está 235 fotografia no valor de R$ 54,99 a unidade e o total de R$ 12.922,65. No item 2 está o serviço de filmagem sendo 235 horas com o valor de R$ 90,35 para cada 60 minutos chegando a um valor de R$ 21.320,90. No item 3 está o cerimonial com o valor de R$ 266,00 a diária de seis horas e o valor total de R$ 2.660,00. Já para o serviço de clipagem, que nada mais é que fazer o arquivamento de material veiculado sobre a câmara na imprensa, no período de 12 meses, foi cobrado R$ 16.632,00.

Outro contrato também celebrado pela Câmara Municipal de Jaciara destinado a divulgação das ações na TV, Rádio e Jornal Imprenso é de R$ 175.450,00. Do total, R$ 64.400,00 é para a transmissão de 38 sessões ordinárias através da Rádio Xavantes. Também para inserções de spot de 30 segundos na rádio outros R$ 35.100,00 referente a 390 anúncios. Para entrevistas na TV, as quais no objeto da licitação eles especificam como anúncio para enganar a Justiça e o Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso, a Câmara deverá torrar outros R$ 51.450,00, referente a 1.050 “anúncios”. Já para divulgação de informes na mídia impressa mais R$ 46.290,00, referente a três mil centímetros/coluna.

O DIAADIADOVALE abordou numa matéria que o presidente da Câmara de Jaciara estava investindo pesado no marketing para alavancar sua imagem perante a sociedade. No texto foi citado que o numero de pessoal da imprensa triplicou. Além deste montante citado na matéria, também estão atuando no setor da imprensa da Câmara Municipal outros dois servidores, os quais os valores dos seus respectivos salários somados são quase R$ 5 mil reais mensais.

PROJETO DE LEI

Todas as licitações realizadas pelo Executivo, Legislativo e Prev-Jaci deverão ser gravadas em áudio e vídeo e transmitidas pela internet. A determinação consta do projeto de lei 08/2019, de autoria do vereador Vanderlei de Oliveira, aprovado na sessão ordinária da última terça-feira (23).

De Licitação o nobre vereador sabe muito bem, sua esposa, Ana Cláudia, é uma grande conhecedora do assunto. Ela atuou no setor de Licitação da Prefeitura de Jaciara durante as gestões dos ex-prefeitos Max Russi e Ademir Gaspar de Lima. Uma pena que esta idéia brilhante só agora que veio ser proposta, sendo que o vereador já está na sua segunda legislatura, mas nunca é tarde para começar a praticar a transparência total dos trâmites licitatórios.

 

 



deixe sua opinião






  • Máximo 700 caracteres (0) 700 restantes

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem.

    Clicando em enviar, você aceita que meu nome seja creditado em possíveis erratas.



mais lidas de Jaciara (últimos 30 dias)

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
TOPO

Contato

Redação

Facebook Oficial