Temperatura do dia: Em - MT
ºC |
PUBLICIDADE

Mato Grosso

Rota do Oeste atende 16 pessoas com sintomas suspeitos de novo coronavírus

Concessionária realiza ações de combate à doença desde declaração de pandemia pela OMS

 |
Divulgação / Reprodução

As equipes médicas da Concessionária Rota do Oeste prestaram atendimento a 16 pessoas que passaram pela BR-163/MT e apresentaram algum dos sintomas indicativos de contaminação pelo novo coronavírus, desde a data em que a Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou pandemia de Covid-19, na segunda semana de março deste ano, até 12 de maio.  No mesmo período, a empresa prestou 505 atendimentos clínicos diversos aos usuários que solicitaram algum tipo de auxílio.

O gerente de Operações da Rota do Oeste, Wilson Ferreira, esclarece que o monitoramento da Concessionária aponta que em dez situações, o pedido de ajuda chegou pelo 0800 065 0163, quatro pessoas foram até às bases e praça de pedágio da empresa e um dos atendimentos foi solicitado a um funcionário que passava pelo local onde estava o paciente.

Dos 16 casos, nove avaliações médicas foram realizadas em postos de combustíveis, três nas bases de atendimento da Rota do Oeste, um em praça de pedágio e os outros três ocorreram na base da PRF, restaurante e empresa. Em todas as situações, os usuários foram encaminhados para unidades de saúde da região onde estavam, sendo dez deles atendidos na Baixada Cuiabana, quatro no sul do estado e dois ao norte da BR-163. Os responsáveis pelos atendimentos médicos na BR-163/MT seguem protocolos específicos para a situação e consideram como indicações suspeitas para a doença: gripe, tosse, cansaço, falta de ar, entre outros. 

Segundo Ferreira, a Rota do Oeste também está traçando o perfil dos usuários que solicitam apoio e o levantamento demonstra que entre as pessoas atendidas com sintomas sugestivos de Covid-19 estão: cinco caminhoneiros, sete pessoas que passavam pela rodovia, um andarilho e três profissionais da área de saúde. “Todas essas informações são apresentadas ao Comitê criado para discutir especificamente as medidas que serão adotadas perante esse período de pandemia”.

Sobre a prevenção e os atendimentos, o gerente de Operações esclarece ainda que, ao final de cada atendimento prestado pelas equipes médicas e de resgate, as ambulâncias são higienizadas com produtos sanitizantes usados em centros cirúrgicos. Além disso, todos os profissionais usam roupas especiais e equipamentos de proteção individual. “Estamos adotando todos os cuidados previstos em protocolos de atendimento para este momento. Esse cuidado é ampliado para todos os setores da empresa, respeitando a particularidade de cada atividade”. 

A Concessionária vem adotando medidas preventivas desde o início de março. A empresa continua prestando todos os serviços essenciais ao longo da rodovia e segue protocolo rigoroso com a adoção de equipamentos de proteção individual (luvas, máscaras, álcool em gel), orientação rotineira aos funcionários sobre cuidados pessoais e com terceiros para este momento em que o país atravessa.

 Além de medidas preventivas, a Rota do Oeste participa e protagoniza ações com foco na saúde e bem estar de quem percorre a rodovia, como a instalação de estrutura para funcionamento de Pontos de Apoio ao Caminhoneiro em eventos voltados à prevenção ao novo coronavírus, em Cuiabá e Rondonópolis; apoio às campanhas de vacinação de caminhoneiros contra a gripe realizadas ao longo do trecho sob concessão da BR-163; distribuição de tags de pagamento automático aos usuários da rodovia; distribuição de cestas básicas a índios da região sul.



deixe sua opinião






  • Máximo 700 caracteres (0) 700 restantes

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem.

    Clicando em enviar, você aceita que meu nome seja creditado em possíveis erratas.



mais lidas de Mato Grosso (últimos 30 dias)

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
TOPO

Contato

Redação

Facebook Oficial