Temperatura do dia: Em - MT
ºC |
PUBLICIDADE

Mato Grosso

ALMT assume mediação entre profissionais de educação e governo para negociar o fim da greve em MT

Reunião entre representantes do movimento grevista e governo foi marcada para sexta-feira (31).

 |
Divulgação / Reprodução

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) assumiu a mediação nas negociações entre os servidores da educação que estão em greve desde segunda-feira (27) e o governo do estado.

Na terça-feira (28), representantes do movimento grevista se reuniram com os deputados, para que os parlamentares pudessem apresentar parte do que já foi negociado.

De acordo com o deputado Lúdio Cabral (PT), os professores apresentaram oficialmente aos deputados as pautas de reivindicações e o plenário acatou fazer a mediação entre governo e trabalhadores.

"A postura do governo era de confronto, ameaça de cortes e demissões. Entretanto, quanto mais rápido a greve for superada, melhor para todos", afirmou ele.

A presidente da ALMT em exercício, deputada Janaina Riva (MDB), disse que existem duas pautas em debate. Uma defende o pagamento da Revisão Geral Anual (RGA). E a outra, o pagamento da recomposição do poder de compra dos profissionais.

"O que os professores querem é uma proposta, mesmo que não seja para o pagamento integral agora", comentou ela.

Como resultado dessa negociação, foi marcada uma reunião entre representantes do movimento grevista e o governo, para a próxima sexta-feira (31). Os deputados também devem participar.



deixe sua opinião






  • Máximo 700 caracteres (0) 700 restantes

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem.

    Clicando em enviar, você aceita que meu nome seja creditado em possíveis erratas.



mais lidas de Mato Grosso (últimos 30 dias)

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
TOPO

Contato

Redação

Facebook Oficial