Temperatura do dia: Em - MT
ºC |
PUBLICIDADE

Negócios

Natura conclui compra da Avon e cria 4ª maior empresa de beleza do mundo

Empresa anunciou que irá nomear Roberto Marques como presidente-executivo do conselho de administração da empresa combinada.

 |
Divulgação / Reprodução

A Natura & Co anunciou que espera concluir nesta sexta-feira (3) a compra da Avon Products, em um negócio que criou o quarto maior grupo de beleza do mundo e avaliou a rival norte-americana de 130 anos em cerca de US$ 2 bilhões.

Em comunicado, a Natura informou irá nomear Roberto Marques como presidente-executivo do conselho de administração da empresa combinada. O executivo comandou em 2017 a compra da rede internacional de lojas The Body Shop pela Natura e vai chefiar os esforços de integração com a Avon.

As ações da Natura eram uma das poucas que subiam nesta sexta-feira, em meio a uma baixa generalizada do mercado por conta de preocupações com a situação no Oriente Médio após ataque norte-americano que matou importante autoridade no Irã.

 Os papéis da companhia brasileira subiam 1,67% por volta de 12h, enquanto o Ibovespa mostrava baixa de 0,47%. A Natura tem atualmente valor de mercado de cerca de R$ 33,5 bilhões.

Mais cedo, o presidente-executivo da Avon Products, Jan Zijderveld, deixou a fabricante norte-americana de cosméticos, em sequência ao processo de venda da companhia. O lugar de Zijderveld será ocupado por Angela Cretu, que comandará as operações da Avon fora da América Latina.

Com a aquisição da Avon, a Natura criou quatro unidades operacionais, cada uma com seu presidente-executivo. A operação Natura & Co América Latina, que além da marca Natura e Avon reúne as bandeiras The Body Shop e Aesop, será liderada por João Paulo Ferreira.

A presidente-executiva da Avon, agora dentro da Natura & Co, será a romena veterana da companhia norte-americana Angela Cretu, sendo responsável pelas operações da marca fora da América Latina.

O comando da The Body Shop continuará com David Boynton, o mesmo ocorre com Michael O'Keefe na Aesop.

A Natura recebeu aval de autoridades concorrenciais para a compra da Avon em 19 de dezembro e na ocasião havia estimado a conclusão da operação para esta sexta-feira.

A companhia brasileira anunciou a compra da Avon em maio do ano passado, em um negócio realizado por meio de troca de ações. A companhia combinada tem valor estimado em US$ 11 bilhões.

Criada em 1969 e cotada na Bolsa no Brasil desde 2004, a Natura é número um dos cosméticos brasileiros.



deixe sua opinião






  • Máximo 700 caracteres (0) 700 restantes

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem.

    Clicando em enviar, você aceita que meu nome seja creditado em possíveis erratas.



mais lidas de Negócios (últimos 30 dias)

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
TOPO

Contato

Redação

Facebook Oficial