Temperatura do dia: Em - MT
ºC |
PUBLICIDADE

Meio Ambiente

Sustentabilidade: 10ª Zona Eleitoral de Rondonópolis garante reciclagem de material descartável

Após concluir o processo de descarte de documentos, o material foi entregue para Cooperativa de Reciclagem de Lixo União Cidadão Recicla (Coopercicla), como forma de contribuir na renda das famílias c

 |
Divulgação / Reprodução

Caixas, caixas e mais caixas de documentos com mais de dez anos de idade. O que é visto como um material sem utilidade para a maioria das pessoas foi tratado com responsabilidade social e ambiental pelos servidores da 10ª Zona Eleitoral de Rondonópolis. Após concluir o processo de descarte de documentos, o material foi entregue para Cooperativa de Reciclagem de Lixo União Cidadão Recicla (Coopercicla), como forma de contribuir na renda das famílias cooperadas do bairro Jardim das Flores.

“A cooperativa vê esta ação de forma muita benéfica para sociedade. Além de contribuir com a renda dos cooperados que hoje exercem a função de catadores, é uma ação significativa para o meio ambiente. Todo mundo ganha com isso, com o cartório trazendo estes materiais. Além disso, é uma ajuda para que mais pessoas conheçam o trabalho da Coopercicla”, destacou a tesoureira da cooperativa, Josilene Alves.

Como prêmio e reconhecimento a iniciativa, a 10ª Zona Eleitoral irá receber o Selo “Amigo do Catador de Materiais Recicláveis de Rondonópolis”, edição 2018/2019. “Todo o ano a Coopercicla entrega um selo adesivo para as empresas que fazem mais que dez entregas de material reciclável. É uma forma de dar ciência a toda sociedade que esta empresa ajuda a cooperativa e possui a consciência ambiental”, reforçou Josilene.

Para o servidor requisitado do Cartório Eleitoral, Elvis José Aguiar Silva, a entrega do material reciclável é uma ação onde todos saem ganhando. “Não podemos desprezar este material, é necessário ter consciência ambiental, preferencialmente garantindo uma iniciativa com mais cunho social. Decidimos este ano a entregar nessa cooperativa que atende famílias de ex-catadores do antigo lixão da Rondonópolis, como forma também de dar maior publicidade para o trabalho que eles desenvolvem”.

Foram descartados guias de quitação de multas eleitorais, cadernos de votação, boletins de urna, boletins de justificativa eleitoral, zerézimas, ofícios expedidos, requerimentos diversos, documentos seriados, ofícios recebidos, entre outros, todos com mais de dez anos de armazenamento. O descarte de materiais ainda possibilita a melhoria do ambiente de trabalho, já que diminui o material passível de desenvolvimentos de ácaros, fungos e bactérias.



deixe sua opinião






  • Máximo 700 caracteres (0) 700 restantes

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem.

    Clicando em enviar, você aceita que meu nome seja creditado em possíveis erratas.



mais lidas de Meio Ambiente (últimos 30 dias)

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
TOPO

Contato

Redação

Facebook Oficial