Temperatura do dia: Em - MT
ºC |
PUBLICIDADE

Política

Gisela aponta machismo e diz que a sociedade vai julgar Abílio

Vereador disse que candidata era “uma excelente participante, mesmo sendo mulher”. Fala causou revolta.

 |
Divulgação / Reprodução

A candidata à Prefeitura de Cuiabá Gisela Simona (PROS) afirmou que o concorrente, o vereador Abílio Júnior (Podemos), será julgado pelo tratamento que considera discriminatório. Única candidata mulher, ela ouviu de Abílio no primeiro debate da TV Vila Real, afiliada da TV Record, nesta quinta-feira (15), que era “uma excelente participante, mesmo sendo mulher”. 

"São ofensas aí que foram feitas, mas eu creio que a própria sociedade vai julgar, vai avaliar, se isso é um ato correto ou não... Não concordo com atos neste sentido, a mulher sofre esse tipo de violência dentro de casa e no local de trabalho", pontuou a candidata ao Palácio Alencastro que se sentiu ofendida e até chegou a cobrar direito de resposta, mas não foi concedido.

O vereador não pediu desculpa à Gisela, apenas falou que cometeu um erro ao se expressar e que queria é dizer "independente de ser mulher". Ainda disse que a candidata se aproveitou da sua " falha da comunicação" para fazer estratégia de marketing se apoiando no vitimismo. O que a candidata rebateu esclarecendo que "isso não é vitimismo, isso é realidade. Nós vimos com nossos próprios olhos. Nós escutamos o que aconteceu. Não sou eu quem está dizendo".

A fala do candidato ficou ainda pior, porque emendou que para ele não faz diferença do gênero: “Ser mulher ou ser homem não deve ser critério para ocupar espaço público”.



deixe sua opinião






  • Máximo 700 caracteres (0) 700 restantes

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem.

    Clicando em enviar, você aceita que meu nome seja creditado em possíveis erratas.



mais lidas de Política (últimos 30 dias)

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
TOPO

Contato

Redação

Facebook Oficial