Temperatura do dia: Em - MT
ºC |
PUBLICIDADE

Política

Cassada, senadora Selma Arruda usou verba pública para gabinete em janeiro

Selma Arruda, que teve mandato cassado por crimes de caixa 2 e abuso de poder econômico durante a campanha de 2018, esteve na abertura dos trabalhos no Congresso nesta segunda-feira (3)

 |
Divulgação / Reprodução

Com mandato cassado, a senadora Selma Arruda (Podemos-SP), juiza aposentada que ficou conhecida como “Moro de Saia”, confessou que usou em janeiro dinheiro público para pagar as despesas de seu gabinete.

Segundo a coluna Painel, na edição desta quarta-feira (5) da Folha de S.Paulo, Selma estava presente nesta segunda-feira (3) em Brasília, na abertura dos trabalhos legislativos.

Ela ressaltou, no entanto, que viajou até a capital federal com o próprio carro, sem gastar verba parlamentar para isso.

Selma foi cassada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por crimes de caixa 2 e abuso de poder econômico durante a campanha de 2018. Além disso, ela responde a uma reclamação no Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que pede justamente a cassação de sua aposentadoria.

O questionamento é que Selma usou o cargo para fins políticos. A juíza conseguiu se aposentar em 27 de março de 2018, menos de um mês antes do prazo limite que ela tinha para se filiar a um partido, em 7 de abril.



deixe sua opinião






  • Máximo 700 caracteres (0) 700 restantes

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem.

    Clicando em enviar, você aceita que meu nome seja creditado em possíveis erratas.



mais lidas de Política (últimos 30 dias)

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
TOPO

Contato

Redação

Facebook Oficial