Temperatura do dia: Em - MT
ºC |
PUBLICIDADE

Política

MDB vai ampliar o número de prefeitos longe do "bolsonarismo" , dispara Bezerra

 |
Divulgação / Reprodução

O deputado federal Carlos Bezerra, que liderou a bancada mato-grossense na convenção nacional do MDB, adianta que objetivo do partido é ampliar o número de prefeitos no Estado, mantendo distância do “bolsonarismo”.  Atualmente, são 27 prefeitos em Cuiabá e cidades-pólo como Alta Floresta, Barra do Garças, Tangará da Serra e Primavera do Leste.

“O MDB está passando por um processo de renovação. Elegemos o deputado Baleia Rossi como presidente nacional e decidimos que o partido será independente do Governo Bolsonaro. Isso vai refletir aqui em Mato Grosso. Vamos trabalhar para ampliar o número de prefeitos, longe de bolsonarismo, fazendo alianças de centro-esquerda" disse Bezerra, presidente do MDB de Mato Grosso, a reportagem. Apesar disso, ressalta que o partido é democrático e que as decisões dos diretórios municipais serão respeitadas.

Baleia Rossi é deputado federal por São Paulo. Filho de Wagner Rossi, já lidera a bancada emedebista na Câmara Federal. Sobre a postura diante do governo federal, Bezerra defende que MDB se afaste de fato do governismo como ficou decidido na convenção. Em sua avaliação, a independência é a postura mais adequada perante o presidente da República Jair Bolsonaro (PSL). Na avaliação dele, o MDB será fundamental para a derrota do bolsonarismo nas eleições municipais. "O MDB foi peça chave para derrota da ditadura militar e será peça chave para derrotar esse governo saudoso daquele tempo”, completou.  

Em Cuiabá e Primavera do Leste, os prefeitos Emanuel Pinheiro e Leonardo Bortolini devem ser candidatos à reeleição. Já em  Alta Floresta e Tangará da Serra,  Asiel Bezerra e Fábio Junqueira estão no segundo mandato e o MDB deve lançar novos nomes à sucessão.

Diretório Nacional

A ex-deputada federal, ex-deputada estadual e ex-secretária de Estado Teté Bezerra e  Emanuel Pinheiro ingressaram na Executiva Nacional do MDB. Já Bezerra deixou de compor a direção nacional  sob a justificativa de “contribuir com o processo de renovação”.



deixe sua opinião






  • Máximo 700 caracteres (0) 700 restantes

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem.

    Clicando em enviar, você aceita que meu nome seja creditado em possíveis erratas.



mais lidas de Política (últimos 30 dias)

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
TOPO

Contato

Redação

Facebook Oficial