Temperatura do dia: Em - MT
ºC |
PUBLICIDADE

Política

ALMT pode criar Frente Parlamentar em Defesa dos Municípios de Mato Grosso

 |
Divulgação / Reprodução

A Assembleia Legislativa poderá contar em breve com a Frente Parlamentar em Defesa dos Municípios de Mato Grosso.  A nova frente terá a coordenação do deputado estadual Paulo Araújo (PP), requerente do movimento. O parlamentar apresentou o requerimento na última quinta-feira (25) em sessão plenária. Dentre os principais objetivos está o de contribuir para a solução dos problemas comuns e das entidades de representação dos municípios, visando estimular, proteger e defender os interesses sociais e econômicos das cidades, promovendo assim o desenvolvimento, o apoio e a qualidade da gestão de forma a assegurar a legitimidade de seus representantes em todo o estado.

“A Frente Parlamentar em Defesa dos Municípios será de extrema importância, pois o estado tem uma grande extensão territorial que abrange 141 municípios, com alguns distantes mais de 1600 km da capital, que necessitam deste Parlamento, e de uma base de apoio para suas demandas, pois é nesta Casa de Leis que ecoam os anseios de todos os municípios do nosso estado. A meu ver nada mais justo auxiliarmos de forma mais efetiva, principalmente se terá a completa interação com a Associação Mato-grossense dos Municípios, que contribuirá sobremaneira para o desenvolvimento dos municípios mato-grossenses”, enfatizou Araújo.

Regimento - As frentes parlamentares são associações suprapartidárias instaladas para discutir o aprimoramento da legislação e políticas públicas referentes ao tema objeto da iniciativa. Cada frente parlamentar deverá ser composta por pelo menos cinco deputados e terá dois anos de duração, sendo prorrogável por igual período e não pode ultrapassar o prazo da legislatura.

Após a aprovação da criação da frente, o coordenador tem um prazo de cinco sessões ordinárias para apresentar a lista de membros ao presidente da ALMT, responsável pela nomeação do coordenador e dos membros das frentes parlamentares. Ao final dos trabalhos, as frentes devem apresentar um relatório final ao presidente da Assembleia, que fará o encaminhamento à comissão permanente a que se relacione o tema.



deixe sua opinião






  • Máximo 700 caracteres (0) 700 restantes

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem.

    Clicando em enviar, você aceita que meu nome seja creditado em possíveis erratas.



mais lidas de Política (últimos 30 dias)

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
TOPO

Contato

Redação

Facebook Oficial