Temperatura do dia: Em Juscimeira - MT
15 ºC | Tempo limpo
PUBLICIDADE

Jaciara

Beneficiários do Programa Bolsa Família devem realizar atualização de dados

 |
Divulgação / Reprodução

O programa Bolsa Família foi criado pelo Governo Federal, em 9 de janeiro de 2004, para beneficiar famílias de baixa renda, gerenciado pelo Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Em Jaciara aproximadamente 1468 famílias recebem o auxílio, porém, alguns cortes nos pagamentos estão acontecendo devido a divergências no cruzamento de dados.

“Sempre tivemos uma averiguação do Governo e esse ano ela está bem mais rígida. Desde o ano passado (2017) o Governo Federal vem cruzando informações junto com a Receita Federal e com o Ministério do Trabalho”, informou a gestora do PBF, Thayanne Andrade.

As famílias que podem aderir o auxílio são aquelas com renda mensal por pessoa de até R$ 85,00 ou renda mensal por pessoa de até R$ 170,00, que possuem criança ou adolescente de 0 a 17 anos, mulheres grávidas ou que estão amamentando.

A gestora ainda aponta que entende que muitas pessoas realmente precisam dessa ajuda. “Às vezes R$ 954,00, que é o nosso salário atual, não dá para a composição completa da família, porém, isso não cabe a nós, quem faz essa vistoria é o Governo Federal. Muitas pessoas acham que é o município ou o Governo do Estado que estão fazendo os cortes, mas não, essa é uma ordem que vem de Brasília e é válida para todos os Estados do país”, concluiu.

Vale ressaltar que famílias que recebem o BPC (Benefício de Prestação Continuada) pelo idoso, por criança ou adulto com deficiência, não tem direito ao Bolsa Família. Pessoas que recebem o auxílio há muitos anos tem grande chances de passar pela rescisão, tendo em vista que o benefício é temporário, ou seja, é válido até que as pessoas em situação vulnerável saiam dessa situação.

Os beneficiários que estão trabalhando podem solicitar junto à Secretaria de Assistência Social o bloqueio voluntário do programa, dessa forma, caso o cidadão precise futuramente do auxílio a própria Secretaria fará o desbloqueio.

Porém, se o beneficiário não fizer esse procedimento, o Governo Federal faz averiguação, ficando a cargo do órgão liberar novamente o auxílio. Nesse caso fica sob responsabilidade da Secretaria de Assistência fazer a atualização dos dados, o resultado disso pode levar entre 30 a 120 dias para conclusão.

Para maiores informações procure a Secretaria de Assistência Social, no setor do Cadastro Único e Bolsa Família, para realizar o recadastramento ou atualizar os seus dados.



deixe sua opinião






  • Máximo 700 caracteres (0) 700 restantes

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem.

    Clicando em enviar, você aceita que meu nome seja creditado em possíveis erratas.



mais lidas de Jaciara

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
TOPO

Contato

Redação

Facebook Oficial

Kanix Web Developers